História: Num dos restaurantes mais finos de Paris, Remy, um jovem e determinado ratinho, sonha em tornar-se um chefe Francês de renome. Dividido entre os desejos da sua família e o seu verdadeiro talento, Remy e o seu amigo Linguini desencadeiam uma hilariante cadeia de acontecimentos que colocam a Cidade das Luzes de pernas para o ar.

 

  Crítica: Na minha opinião, melhor filme da Pixar que eu já vi na minha vida. Só talvez Wall-E é que tem alguma possibilidade de vencê-lo. Adorei ver um rato tornar-se chefe, achei a cena final brilhante e acho que foi de rir e chorar por mais. A forma como o ser à face da terra com menos possibilidade de se tornar chefe viu isso possivel e esta mensagem é clara: NUNCA deixem de acreditar, porque os sonhos se reaziam de verdade, se tivermos muita vontade.

publicado por Pedro Guilherme às 19:40 | link do post

 

 

  História: Quando Nemo, um pequeno peixe-palhaço, é inesperadamente levado para longe de casa, Marlin, o seu super-protector pai e Dory uma amiga amnésica, embarcam numa épica aventura que os levará ao encontro de tubarões vegetarianos, tartarugas surfistas, medusas hiptonizantes e gaivotas esfomeadas.

 

   Critica: Este filme mostra que ouvir os nossos pais faz muito bem, e também que os pais têm de saber confiar nos filhos se querem que eles cresçam. além de ser uma grande comédia com uma imagem muito avançada. Adorei Doris, por ser muito divertida e foi ela que manteve o público a rir durante todo o filme. 

 

 

publicado por Pedro Guilherme às 19:23 | link do post

 

  História: Quando o Natal se aproxima, Scott Calvin convida os seus sogros (Ann-Margaret e Alan Arkin) para se juntarem aos festejos. Mas surge uma reviravolta inesperada quando Scott descobre uma maneira de sair da pele de Pai Natal e o maldoso Jack Frost (Martin Short) tenta congelar a grande alegria do Natal! A menos que Scott salve o dia, este será um péssimo Natal no Pólo Norte e no resto do mundo! Conseguirá Scott ter o seu emprego de volta e salvar este Natal em tempo recorde?

 

  Crítica: Adorei esta reviravolta no tempo. A personagem Jack Frost foi maravilhosamente intrepretada, assim como Carol e Charlie que completam um fantástico elenco cheio de magia Natalícia. Foi fantástico ver outra vez Tim Allen como Pai Natal. Os sogros divertiram imenso o público e foi muito giro rever algumas das cenas do primeiro filme. Achei que este foi melhor que o segundo filme, mas pior que o primeiro, obviamente. Já agora, feliz Natal! 

publicado por Pedro Guilherme às 11:51 | link do post
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31
comentários recentes
Guilherme Gomes - Portugal Tem Talento | Página de...
vai haver de novo o secret story???o que deviam de...
Sem dúvida...Voltei a ve-lo mais uma vez :)
É lindo, não é? Adoro Meryl Streep
Já vi o filme "O diabo veste prada" e adorei :)
Pois... os clássicos Disney nunca saem da moda!
É sempre bom recordar estes filmes =) Nunca passam...
Muito bem dito!
Escolha muito dificil: teremos de ver a gala de am...
Pos é... concordo plenamente!
arquivos
2011
2010
subscrever feeds